Buonarroti

Fotografia de Guta de Carvalho
LOCAL E DATAS
Festival “Moçambicanto”, Mercado do Terraço do Chão do Loureiro
11, 12 e 15 de Setembro de 1993

Cisterna da Escola Superior de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
03 a 23 de Novembro de 1993, segunda a sexta-feira às 18h

“Nova” Bar, Bairro Alto
03 a 23 de Novembro de 1993, diariamente às 22h

“Mozambique” Bar, Coimbra
26 a 30 de Novembro de 1993

“Faz Festa” Bar, Guarda
30 de Dezembro de 1993

Teatro Universitário do Minho, Braga
5 e 6 de Janeiro de 1994
APRESENTAÇÃO

Quase totalmente baseado em gestualidade e movimento, situado algures entre o teatro, a dança e a mímica, “MADALA” é um trabalho com trinta minutos de duração baseado no conto “Dina”, do escritor moçambicano Luís Bernardo Honwana. Luís Castro articula a interpretação física de quatro personagens – três de raça negra, um velho, um jovem e uma mulher, e um homem de raça branca – com um texto gravado que, em off, se ouve localizando espacial e temporalmente a acção, e que pode ser perfeitamente apreendido por pessoas que não dominem a língua portuguesa.

O trabalho foi criado para dar resposta a um convite feito pelo Costa do Castelo Restaurante-Bar que, em 1993, organizou um encontro cultural e gastronómico sobre Moçambique, o “Moçambicanto”. Por ter estudado no início da adolescência o livro “Nós Matámos o Cão Tinhoso, Luís Castro a ele decide recorrer escolhendo um dos seus contos para a criação do espectáculo.

Assim, e num exaustivo trabalho dramatúrgico, faz os levantamentos das referências sonoras (deixas de personagem, excertos de narração mais significativos, ambiências) e de toda a movimentação física dos personagens, esquiçando por essa via os eixos fundamentais do espectáculo. Divide depois o texto em dezasseis cenas e organiza-as sequencialmente de modo a que, com pequeníssimas alterações de guarda-roupa, possa passar em público de um personagem a outro respeitando a intenção primeira do autor e os pontos de vista de cada personagem.

O espectáculo desenrola-se em contacto de site-specifc e é reposto, alguns meses após o festival, numa colaboração cénica com o fotógrafo Guta de Carvalho, que intervenciona várias fotografias suas do espectáculo por forma a que sejam usadas, instaladas, no espaço de cena.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA
concepção, interpretação e voz gravadaLuís Castro


a


a


a


a

a


a


a

a


a

a

a

a

FINANCIAMENTO E APOIOS

financiamento institucional

sem qualquer financiamento

apoio

Costa do Castelo Restaurante-Bar / Fátima Morais
Associação de Estudantes da F. B. A. U. L.
Nova Bar

agradecimentos

Maria Helena da Fonseca Morgado da Costa e Castro, Luís d’Andrade da Costa e Castro, António Sol-Posto, Francisco Castro, José António Batata, José Neves, Luís Rafael, Manuel Reis, Óscar Grave, Paulo Simão, Rute Gaspar, e ainda Frágil, Curro

GALERIA

Fotografias de Guta de Carvalho

MATERIAL PARA DIVULGAÇÃO
IMPRENSA